Alienação parental

Também conhecida como a síndrome do “órfão de pai vivo”, a alienação parental consiste em fazer da criança ou adoslescente um instrumento de agressão contra o outro cônjuge. A ideia do filho da puta é fazer com que a criança rompa os laços afetivos com o pai ou com a mãe e para tanto se vale de ardis e artifícios cruéis que podem marcar, como a pele é marcada pelo ferro em brasa, a história da criança e do adoslecente para sempre. E isso tudo em nome de interesses ilegítimos, mesquinhos, vingativos e mesmo financeiros.

A lei 12.318/10 regula o tema.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12318.htm

É sempre importante lembrar que o importante é o interesse da criança e que se fodam as picuinhas.

Qualquer dúvida é só perguntar.

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s